21 julho 2013

Incríveis artes com recortes de papel colorido


Hiroki Suzuki é um artista japonês que tem uma técnica interessante. Olhe de novo. Sim. Ele cria ilustrações incríveis juntando pedaços de papel recortados - e até mesmo rasgados, onde podemos ver as bordas irregulares e esbranqueadas, tal como fica quando como rasgamos uma cartolina guache.
O resultado dessa técnica é um estilo que mistura tendências que retornaram com força ultimamente como a pop-art e um cubismo reinventado, que temos chamado de neocubismo, trazendo uma simplificação das formas. Ainda assim, Hiroki reproduz com maestria a ideia de volume e iluminação dando textura e tridimensionalidade, produzindo assim retratos bastante fiéis.
Veja:


O que achei mais interessante é que essas tendências que mencionei têm sido mais exploradas nas artes digitais; tanto que ao olhar rapidamente os trabalhos desse artista, até pensei que eram digitais. Porém o Hiroki utilizou uma abordagem totalmente inusitada na sua arte de papel recortado.
E eu que sou adepto do minimalismo, acho genial quando o artista consegue simplificar o conteúdo e ainda assim mantê-lo totalmente familiar a quem vê. Isso, tenho que dizer, é uma tarefa bastante difícil no design mas também muito recompensadora.

Então repetindo: incrível o trabalho desse cara! Veja mais na galeria do Hiroki Suzuki no Flickr.
Estou usando essa do Jim Morrison na tela de bloqueio do meu celular, haha.

Sem comentários ainda

Postar um comentário

Critique, elogie, pergunte, recite um poema... enfim! O espaço abaixo é todo seu!

Seja coerente com o assunto global da postagem ou do blog. Não faça comentários de má fé ou propaganda de algo que não tem relação alguma com a postagem. Para assuntos outros, entre em contato com o autor através dos links disponíveis.
Os comentários são sujeitos a moderação.