03 junho 2013

Double Vienna: a cerveja Illuminati


Lançamento da Cia. Etílica Morada, a Double Vienna chega com um rótulo curioso e interessante. O desenho do rótulo foi inspirado nos ambigramas, que são uma representação gráfica de uma ou mais palavras que quando rotacionada pode ser vista com a mesma fonética e representação visual.
Os ambigramas ficaram famosos no mundo todo com o livro e o filme Anjos e Demônios, onde os signos dos Illuminati eram representados nessa lógica. O estúdio de design responsável é brazuca: o D-Lab, e a Ilustração foi feita pelo Beto Janz.


Achei legal o fato de eles terem colocado as informações adicionais (tipo, volume etc) de cabeça pra baixo no rótulo; assim o consumidor é "forçado" a virar a embalagem e então notar o ambigrama.
Lógico, a cerveja não é Illuminati. E você me pergunta: o que cerveja tem a ver com ambigramas illuminatis? Não sei, mas talvez a proposta do conceito seja remeter e remontar àquela época pré-moderna, de grandes pensadores e assim nos inspirar ou mesmo somente chamar a atenção com um rótulo intrigante e bem bolado.
Seja como for, illuminati ou não, eu achei bem interessante, a nível de ficar indeciso entre beber e estocar numa prateleira.

Sem comentários ainda

Postar um comentário

Critique, elogie, pergunte, recite um poema... enfim! O espaço abaixo é todo seu!

Seja coerente com o assunto global da postagem ou do blog. Não faça comentários de má fé ou propaganda de algo que não tem relação alguma com a postagem. Para assuntos outros, entre em contato com o autor através dos links disponíveis.
Os comentários são sujeitos a moderação.