29 novembro 2011

Coldplay - Mylo Xyloto


Curto muito o Coldplay desde... desde sempre, e acho que está mais do que na hora de falar um pouco por aqui do novo trabalho deles.

Estamos em 2011, a banda está mais do que consagrada, sucessos como Viva La Vida, Clocks, Yellow entre outros estão sempre tocando por aí até que... Eles anunciam o nome do próximo álbum: Mylo Xyloto (algo relacionado a xilofones e dedos numa amplitude universal). Bom, pra quem batizou a filha de Apple, colocar esse nome num álbum parece normal. Logo depois, o primeiro Single é lançado. Every Teardrop Is A Waterfall: uma balada agradável e animada com estilo synthpop, que define o estilo do novo álbum.

Então, fazendo shows, terminando a turnê Viva La Vida, eles colocaram algumas músicas do MX até que finalmente o álbum foi lançado oficialmente (primeiramente, só no iTunes), com o single absoluto Paradise.


O contexto do álbum é uma pegada fortemente eletrônica, mas com riffs marcantes de guitarra, e algumas baladas à piano, de maneira que ao ouvir cada faixa do álbum, dá pra saber claramente que é O Coldplay tocando. Eu, quando o ouvi pela primeira vez, achei extremamente familiar.
Então, o que mudou? O Mylo Xyloto mostra uma evolução absoluta da banda, que soube experimentar coisas novas sem ter que mudar totalmente de estilo, nem muito menos permanecer na mesma marca ou regredir. Eles souberam mesclar o passado com o atual e o resultado foi, em músicas alegres e positivas, um álbum daqueles que não se cansa de ouvir nunca.
Saquem eles tocando Charlie Brown ao vivo, muito bom:


E é isso aí! Pretendo postar mais reviews de álbuns de bandas que eu curto, se é que isso pode ser chamado de review. ;)

1 Comentário

Angel disse...

amei esse post, hahaha!
Coldplay <3

Postar um comentário

Critique, elogie, pergunte, recite um poema... enfim! O espaço abaixo é todo seu!

Seja coerente com o assunto global da postagem ou do blog. Não faça comentários de má fé ou propaganda de algo que não tem relação alguma com a postagem. Para assuntos outros, entre em contato com o autor através dos links disponíveis.
Os comentários são sujeitos a moderação.